Melhores lugares para ver os fogos de ano-novo em Praga

É bem fácil ver o espetáculo, que sempre acontece em lugares altos; veja algumas ótimas opções de lugares
Notícias e curiosidades  /   /  Por Gabe Britto

Existem vários lugares de onde você pode ver os fogos de réveillon em Praga. Mas antes de falar sobre eles, preciso fazer uma ressalva: o show oficial da cidade não acontece na virada do ano, mas apenas às 18 horas do dia 1º de janeiro.

O motivo principal para esse horário tão diferente na comemoração é permitir que mais crianças e idosos possam ver o espetáculo (algo que nem sempre é possível numa virada de noite no inverno), mas o aniversário da separação da República Tcheca e da Eslováquia também entra na conta.

Então já fique sabendo: se você passar o ano-novo em Praga mas for embora no dia 1º de janeiro, vai ter que se contentar apenas com os fogos particulares que acontecem à meia-noite de 31 de dezembro – que muitas vezes também são bonitos, mas não tanto quanto os oficiais.

Feito o aviso, vamos aos melhores lugares para ver os fogos de ano-novo em Praga.

Melhores lugares gratuitos para ver os fogos de réveillon em Praga

Os fogos de 1º de janeiro de 2019 acontecerão no Parque Letná, que fica num pequeno morro de onde se enxerga todo o centro da cidade. É justamente essa altura privilegiada do Letná que permite que os fogos sejam vistos de muitos lugares de Praga, com muita facilidade.

Veja algumas sugestões no mapa, com explicações nos textos abaixo.

 

Ponte Čechův (Čechův most)

Ideal para quem gosta de ficar bem perto e ver os fogos bem embaixo deles, mas espere muita gente por ali.

Como chegar: a parada de bondes mais conveniente é a Právnická fakulta, mas ela certamente vai estar fechada pelo evento. Então o ideal é chegar pela rua Pařížská ou pela avenida 17. listopadu, depois de descer na estação de metrô e parada de bondes Staroměstská (linha A, cor verde).

 

Ponte Mánesův (Mánesův most)

É uma ótima opção porque é uma ponte mais larga, comporta mais pessoas e talvez você não fique tão espremido no meio do povo.

Como chegar: pelas estações de metrô e paradas de bondes Staroměstská ou Malostranská (ambas da linha A, cor verde).

 

Orla Dvořákovo nábřeží

Um local parecido com a ponte Čechův.

Como chegar: use a mesma orientação para chegar na Ponte Čechův (Čechův most).

 

Ponte Štefánikův (Štefánikův most)

A tendência é ter menos turistas do que as opções mais no centro e você ainda vê os fogos com o Castelo de Praga ao fundo.

Como chegar: parada de bondes Dlouhá třída ou parada de bondes e estação de metrô Náměstí Republiky (linha B, cor amarela). Depois de descer numa dessas paradas, caminhe pela rua Revoluční até a beira do rio.

 

Ponte Carlos

A Ponte Carlos é um lugar mágico para ver um evento tão lindo, mas pode ter certeza de que vai estar lotado.

Como chegar: paradas de bondes Karlovy lázně, Malostranské náměstí ou parada de bondes e estação de metrô Staroměstská (linha A, cor verde).

 

Ilha Střelecký ostrov

Uma ótima opção para quem quiser ver os fogos e a Ponte Carlos ao mesmo tempo.

Como chegar: paradas de bondes Národní divadlo ou Újezd.

 

Parque Petřín

É para ver os fogos e a cidade ao mesmo tempo. Caminhe por ali e procure um local com boa visão, são vários.

Como chegar: paradas de bondes Újezd ou Hellichova.

 

Parque Riegrovy sady

Tem uma vista linda e menos turistas, mas vai ser um pouco afastado e vai ter muitos moradores.

Como chegar: parada de bondes e estação de metrô Jiřího z Poděbrad (linha A, cor verde).

 

Mirante do Mosteiro de Strahov

É o local de onde foi feita a foto de destaque deste post. Apesar de ter menos turistas, o espaço é disputado por moradores dos arredores.

Como chegar: parada de bondes Pohořelec.

 

Opções com entrada paga

Se quiser algo diferente, você também pode ir para uma das torres de Praga. Apenas lembre-se de verificar se a sua escolhida vai estar aberta às 18 horas do dia 1º de janeiro.

Sobre o Autor

6 Comentários
 
  1. Alessandra 7 de abril de 2019 at 7:57 pm Responder

    Nossa, muito obrigada mesmo! Suas dicas confirmaram nossa expectativa. O Lazenska está indisponível e vamos tentar o Golden Scissors (mais fácil). Mais uma vez parabéns e ótimo trabalho. Mais adiante colocarás as opções de final de ano?

    • Gabe Britto 7 de abril de 2019 at 8:47 pm Responder

      Que bom que as dicas ajudaram, Alessandra!

      Colocarei, sim, mas isso vai ser só lá perto da data, quando os restaurantes começarem a divulgar seus preços. 😉

      Abraço!

  2. Alessandra 7 de abril de 2019 at 8:25 am Responder

    Oi Gabe, obrigada pela pronta resposta. Estou em dúvida entre o U Prince, o U Zlatych Nuzek e Residence U Malvaze… nomes difíceis hein..

    • Gabe Britto 7 de abril de 2019 at 5:19 pm Responder

      É, Alessandra, você escolheu lugares BEM na muvuca mesmo, hehehe!

      Bom, é preciso levar algumas coisas em consideração em cada uma dessas opções:

      – Hotel U Zlatych Nuzek: a região é ma-ra-vi-lho-sa, mas a Ponte Carlos lota na noite do ano-novo e certamente a rua de vocês vai estar lotada também, porque ela praticamente faz parte da ponte. Isso pode ser ruim pelo barulho, mas talvez o hotel já tenho tomado providencias e os quartos sejam bem silenciosos. Por outro lado, isso pode ser ótimo, porque vocês vão poder passar a virada na ponte e ir para o hotel com a maior facilidade do mundo. Algo importante que li nos reviews no Booking: ele não tem elevador.

      – Hotel Residence U Malvaze: apesar de estar bem próximo da ponte, na rua que leva direto para a Praça da Cidade Velha, a localização não tem nem um décimo do charme do U Zlatych Nuzek. Em relação a muvuca, é a mesma situação para ambos, com vantagem para o U Zlatych Nuzek, porque a muvuca na rua dele é menor nos dias antes e depois do réveillon. Outro alerta visto no Booking: também não tem elevador.

      – Hotel U Prince: é um clássico de Praga, porque tem um restaurante no terraço com uma vista magnífica para a Praça da Cidade Velha. O problema da muvuca vai ser o mesmo das opções anteriores. Você também vai conseguir passar a virada na ponte e voltar para o hotel facinho, mas vai ter que caminhar um pouquinho mais no meio da multidão. Apesar de ser um endereço extremamente nobre, o U Zlatych Nuzek fica numa área com mais charme. Porém, nele você estará mais perto de um metrô (ainda que haja bondes do outro lado da ponte também). Ah, ele tem elevador.

      Se eu estivesse entre esses 3, escolheria o U Zlatych Nuzek.

      Mas se você me permite uma sugestão ali na área próxima da ponte, dê uma olhada no Lazenska N°4. Estive lá nessa semana, seguindo a indicação de uma amiga arquiteta que se apaixonou pela decoração, e fiquei encantado. O lugar é um poço de charme praguense, bem perto da ponte (mas convenientemente afastado da maior muvuca), num prédio magnífico e com um clima incrível. Devo escrever sobre ele nos próximos dias, mas já recomendo com estrelinhas. E ele tem elevador. =)

      Se eu estivesse entre esses 4, escolheria o Lazenska N°4 sem nem piscar.

      Quanto à segurança, a única preocupação que vocês devem ter é com batedores de carteira – mas isso é algo normal em qualquer evento do tipo, com pessoas aglomeradas. Nada de carregar documentos, telefones e dinheiro nos bolsos de trás da calça!

      Se você achar que eu ajudei na sua decisão, considere fazer sua reserva pelos links acima, que levam ao Booking. Assim você pode ter a chance de cancelar caso precise e eu recebo uma pequena comissão (que não muda em nada o preço que você paga) e posso continuar o trabalho no blog. 😉

      Qualquer coisa, avise! Abraço!

  3. Alessandra 7 de abril de 2019 at 3:55 am Responder

    Oi Gabe, vamos passar o ano novo em Praga. Vamos em 4, com 2 adolescentes. Estou com uma dúvida cruel… ficar na cidade velha ou em Malá Strana? Estou de olho num hotel bem próximo a ponte. Tenho receio pelas multidões e segurança?

    Parabéns pelo site… muito bom mesmo!

    • Gabe Britto 7 de abril de 2019 at 5:31 am Responder

      Oi, Alessandra.

      A Malá Strana e a Cidade Velha são áreas grandes, então ficar em uma delas não significa (necessariamente) ficar em algum lugar extremamente muvucado na noite do ano-novo. Dá para ficar ali numa boa. É claro que você escutará foguetes até as 2h da manhã, mas isso é inevitável na cidade inteira.

      O que é “bem próximo à ponte” para você? É um daqueles hotéis colados nela? Ou é um hotel a uma estação de bonde de distância. Se você me disse o nome desse hotel que você está namorando, eu posso ajudar mais. =)

      Abraço e bom domingo!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.