Dicionário de comida tcheca: entendendo o menu

Uma seleção de palavras que pode ajudar você na hora de escolher o que comer em Praga e na República Tcheca
Onde comer  /   /  Por Gabe Britto

Você não vai precisar de dicionário para entender a comida tcheca na maioria dos restaurantes de Praga, porque eles têm cardápios em inglês. Mas sempre existem aqueles poucos que não têm e também existem os restaurantes de cidades pequenas do interior, onde este post vai ser bem útil.

Tentei ser o mais abrangente possível aqui, focando em situações e pratos mais comuns, sem jogar um monte de informação inútil na sua cabeça e pensando sempre como um turista – que nunca vai chegar num restaurante simples dizendo que quer comer javali, por exemplo.

Para facilitar a sua busca na hora de ler o menu e de pedir para o garçom, ordenei tudo em tcheco-português e em português-tcheco, direto, sem subdivisões por pratos nem por categorias de ingredientes. Assim você não precisa descobrir se mléko é uma carne ou um vegetal antes de fazer a sua busca. (Dica: é leite.)

Importante: por causa de regras do idioma, muitos dos nomes abaixo podem aparecer escritos de forma diferente no menu, mas a raiz da palavra é sempre parecida e o garçom vai entender se você mostrar o dicionário para ele.

Dobrou chuť (“bom apetite”)!

Tcheco – Português

Americké – Batatas fatiadas com casca, temperadas e assadas

Ananas – Abacaxi

Bez – Sem (quando não há um ingrediente)

Biftek – Bife

Brambor/Brambory – Batata/Batatas

Bramboráčky – Batatas em formato de panquecas

Bramborový salát – Salada de batatas

Brokolice – Brócoli

Bíla vína – Vinho branco

Čaj – Chá

Červená vína – Vinho tinto

Česnek – Alho

Chléb – Um tipo de pão preto

Chřest – Aspargos

Cibule – Cebola

Čokolada – Chocolate

Cukr – Açúcar

Dušné – Cozido no vapor

Džus – Suco

Grilované – Grelhado

Gulaš – Gulache (goulash)

Hermelín – Queijo parecido com camembert

Hovězí – Carne vermelha

Hranolky – Batatas fritas

Jechněčí – Cordeiro

Kachná – Pato

Kaše – Purê de batatas

Kava – Café

Kečup – Ketchup

Klobása – Linguiça

Knedlík – Pão cozindo no vapor e sem casca, servido em rodelas. Ótimo acompanhamento para pratos com molho

Krokety – Batatas em forma de bolinhas, fritas

Kukuřice – Milho

Kuřeci/Kuře – Frango

Květák – Couve-flor

Láhev – Garrafa

Limonáda – É como os tchecos chamam um refrigerante que normalmente é caseiro. Pode vir em vários sabores (não apenas de limão)

Losos – Salmão

Mandle – Amêndoas

Máslo – Manteiga

Medovník – Bolo de mel

Mléko – Leite

Nápoje – Bebidas

Nealko – Refrigerante

Niva – Queijo parecido com gorgonzola

Opékane – Assado no fogo

Ovoce – Frutas

Palačinka – Crepe

Paprika – Pimentão

Pečené – Assado no forno

Pečivo – Salgados assados

Pepř – Pimenta

Polévka – Sopa

Pivo – Cerveja

Plněné – Recheado

Pórek – Alho-poró

Prsa – Peito

Pstruh – Truta

Ryby – Peixe

Rýže – Arroz

Rizoto – Risoto

S – Um S sozinho significa com. Indica que o prato tem algum ingrediente ou acompanhamento especial

Saláty – Salada

Slanina – Bacon

Smažení – Frito

Smažení sýr – Queijo frito

Smetana – Creme

Soté – Salteado

Špenát – Espinafre

Špiz – No espeto

Šťouchané – Batatas esmagadas, mas não a ponto de purê

Studené – Frio

Šunka – Presunto

Svičkova – Um corte nobre de carne vermelha

Sýr – Queijo

Řízek – Bife empanado (tipo um schnitzel)

Tatarák – steak tartare: carne moída crua, com temperos

Tatarský bíftek – Também é steak tartare: carne moída crua, com temperos

Teplé – Quente

Teplé napoje – Bebidas quentes

Těstoviny – Massa, macarrão

Topinky – Pão frito

Uzené – Defumado

Vajíčka – Ovos

Vařené – Fervido

Vepřové/Vepřo – Porco

Voda – Água

Voda neperlivá – Água sem gás

Voda perlivá – Água com gás

Z – Um Z sozinho significa de. Indica que o prato é feito de algo específico. Exemplo: řízek z vepřové – bife empanado de porco

Žampióny – Cogumelo

Zázvor – Gengibre

Zelenina – Vegetais

Zelí – Repolho

Zmrzlina – Sorvete

Português – Tcheco

Açúcar – Cukr

Água – Voda

Água sem gás – Voda neperlivá

Água com gás – Voda perlivá

Alho – Česnek

Arroz – Rýže

Batata/Batatas – Brambor/Brambory

Batatas fritas – Hranolky

Bebidas – Nápoje

Bebidas quentes – Teplé napoje

Bife – Biftek

Bife empanado – Řízek

Café – Kava

Carne vermelha – Hovězí

Carne vermelha (num corte nobre) – Svičkova

Cebola – Cibule

Chá – Čaj

Chocolate – Čokolada

Cerveja – Pivo

Cozido no vapor – Dušné

Frango – Kuřeci ou kuře

Frango (peito) – Prsa

Frio – Studené

Frutas – Ovoce

Garrafa – Láhev

Grelhado – Grilované

Ketchup – Kečup

Leite – Mléko

Massa (macarrão) – Těstoviny

Manteiga – Máslo

Pão Preto – Chléb

Peixe – Ryby

Pimenta – Pepř

Pimentão – Paprika

Porco – Vepřové ou vepřo

Presunto – Šunka

Queijo – Sýr

Queijo frito – Smažení sýr

Quente – Teplé

Refrigerante – Nealko

Risoto – Rizoto

Salada – Saláty

Salmão – Losos

Sem (quando você não quer um ingrediente) – Bez

Sopa – Polévka

Sorvete – Zmrzlina

Suco – Džus

Truta – Pstruh

Vegetais – Zelenina

Vinho branco – Bíla vína

Vinho tinto – Červená vína

Sobre o Autor

9 Comentários
 
  1. Tay 25 de setembro de 2017 at 12:15 am Responder

    Olá . Seria interessante colocar em parenteses como se pronuncia as palavras em tcheco, senti falta aqui e no outro post sobre comidas típicas tchecas.

    • Gabe Britto 25 de setembro de 2017 at 12:33 pm Responder

      Oi, Tay!

      Agradeço pela sugestão e pelo interesse, mas eu pensei nisso quando escrevi os posts e achei melhor deixar sem a pronúncia.

      Por mais que eu tente ser detalhista e correto ao escrever a pronúncia, pouquíssimos lusófonos vão conseguir falar corretamente sem uma transcrição fonética, porque todos temos sotaques diferentes. E quantas pessoas entendem uma transcrição fonética?

      É muito mais fácil ter o dicionário com você na hora de ler o menu e, se for necessário pedir algo em tcheco, mostrar a palavra para o atendente. 😉

      Abraço!

  2. Terezinha 29 de agosto de 2017 at 12:07 am Responder

    Muito obrigada, sou diabética e é uma informação muito importante.

  3. Flávio Silva 14 de agosto de 2017 at 8:13 pm Responder

    Olá. Primeiramente parabéns pelo excelente blog, realmente não é comum encontrar um tão completo e organizado assim, parabéns mesmo!! Enfim, gostaria de compartilhar contigo minhas ansiedades em visitar pela primeira vez Praga, mas tenho que confessar que tenho alguns “medos” de passar alguns “perrengues” com o idioma e não se tornar uma viagem agradável e proveitosa. Poderia me passar sua experiência com relação a isso? Obrigado!

    • Gabe Britto 14 de agosto de 2017 at 8:36 pm Responder

      Oi, Flávio. Obrigado pelo elogio e fico feliz por você ter gostado do site.

      Você fala inglês? Se você fala, não se preocupe, as chances de você passar perrengue por causa de idioma são praticamente inexistentes. Muitos tchecos falam inglês, ainda mais aqueles que trabalham com turismo.

      Se você não fala inglês, as coisas ficam um pouco complicadas, porque você vai ter que se desdobrar para tentar compreender o que a outra pessoa estiver falando. Mas certamente você vai encontrar gente com paciência para mímicas e tudo mais (acontece com todo viajante, hehehe!).

      Uma alternativa que você tem, caso não saiba falar inglês, é contratar uma guia tcheca que fala português. O link tem uma indicação ótima, testada e aprovada pelo blog.

      A outra alternativa é relaxar e saber que alguns perrengues acontecerão, porque eles estão presentes em todas as viagens e sempre viram boas histórias para contar na volta. =)

      Abraço e boa viagem!

      • Flávio Silva 15 de agosto de 2017 at 6:03 pm

        Obrigado pelo retorno Gabe!
        Considero meu inglês de básico para intermediário, mas mesmo assim fico meio apreensivo, pois vou com meu filho de 5 anos e minha esposa que não fala nada de inglês, ou seja, sou praticamente o guia/responsável…rss. Grande abraço e parabéns novamente pelo site.

      • Gabe Britto 16 de agosto de 2017 at 5:31 pm

        Flávio, relaxe. Tudo vai dar certo. Praga é uma capital europeia moderna e civilizada. Seu inglês básico vai ser o suficiente para a maioria das situações. Para as outras, a velha mímica tende a resolver. E para as que não conseguirem ser resolvidas, encare como aventura de viagem. 😉 Boa Praga para vocês.

  4. Terezinha 13 de agosto de 2017 at 5:12 am Responder

    Como peço um suco sem açúcar
    Obrigada

    • Gabe Britto 14 de agosto de 2017 at 7:24 pm Responder

      Oi, Terezinha. Ótima questão, porque me dei conta de que esqueci de colocar AÇÚCAR na lista acima. Já corrigi, já está ali, é só montar:

      – Suco: Džus (“djus”)
      – Sem: Bez
      – Açúcar: Cukr (“tsucr”)

      Mas tente antes um “no sugar”, em inglês. Deve funcionar. 😉

      Abraço!

Deixe um comentário