Mudanças temporárias em bondes para atrações de Praga

Veja o que muda, as alternativas e até quando vão as obras
Destaque, Notícias e curiosidades, Transporte público  /   /  Por Gabe Britto

O bonde 22, famoso entre os turistas de Praga por ir direto do centro até o castelo, está com uma nova rota temporária que muda essa sua principal característica.

A mudança acontece por causa de um serviço de reparo de trilhos e vai até o dia 21 de fevereiro. Além do roteiro do bonde 22, a reforma também vai afetar o bonde 23 (que igualmente leva para o castelo e será temporariamente suspenso) e a parada Malostranské náměstí, que fica no coração do bairro Malá Strana e perto da Ponte Carlos.

Se a sua visita à cidade for antes dessa data, anote aí.

Para ir do bairro Malá Strana ou da Cidade Velha até o Castelo de Praga ou ao Mosteiro de Strahov

Pegue o bonde 32 – uma linha especial que vai funcionar durante o período dos trabalhos.

No bairro Malá Strana, a parada de bondes do 32 é a Malostranská, conectada ao metrô da linha A, cor verde.

Na Cidade Velha, a parada do 32 é a Právnická fakulta, que fica no fim da rua Pařížská.

A parada onde você deve descer no castelo é a Pražský hrad, e a estação do Mosteiro de Strahov é a Pohořelec.

 

Para ir até a Malostranské náměstí

Desça na estação/parada Malostranská ou na parada Újezd, que são as mais próximas. Depois, caminhe ou pegue o ônibus X22 (em operação até 11 de fevereiro, saindo de Újezd) ou o X20 (em operação a partir de 12 de fevereiro, saindo de Malostranská).

 

Para ir na Igreja do Menino Jesus de Praga

Você pode descer na parada Malostranská, mas a parada Újezd é a mais próxima da igreja onde está a imagem sagrada.

Para entender melhor todas as mudanças, veja o mapa abaixo.

 

Outras linhas também serão afetadas, mas essas acima são as mais turísticas. Para saber se a linha que passa pelo seu hotel vai ser desviada, peça informações na recepção.

Sugestão: baixe e utilize o aplicativo da empresa de transporte público de Praga, assim você não se perde nos bondes.

Lembrando: as obras vão até 21 de fevereiro.

Sobre o Autor

Deixe um comentário