Quanto custa Praga?

Uma lista de preços para você fazer a sua estimativa de gastos
Infos gerais  /   /  Por Gabe Britto

Quanto custa Praga? É aquela velha resposta que você já deve ter lido em muitos blogs por aí: é impossível dizer com exatidão o quanto você vai gastar na cidade e no país, porque cada pessoa tem gastos diferentes.

Porém, é possível apresentar os preços médios das coisas básicas que os turistas normalmente precisam numa visita a Praga e fazer algumas contas para ter preços aproximados.

Cachorro-quente por 40 CZK

O suposto melhor cachorro-quente de Praga custa 40 CZK, quase 1,50 EUR

A República Tcheca não é um país caro, mas tampouco é um país baratíssimo. É claro que, se você comparar com seus vizinhos que usam o euro, ela vai parecer uma pechincha. Mas comparando com o Brasil, vai achar que é mais ou menos a mesma coisa (exceto o pessoal de Rio, São Paulo e Brasília, que vai achar mais barato).

Aliás, é importantíssimo que você saiba: a República Tcheca não usa o euro. A moeda local é a coroa tcheca, chamada em inglês de Czech Crown (CZK) e, em tcheco, de Koruna česká (Kč), veja ela lá na foto no topo do post.

Dito isso, aqui estão os preços. Lembrando: são preços médios. Você certamente vai encontrar opções mais caras e mais baratas, principalmente se sair das áreas mais turísticas.

 

Comida, bebida e tal

• Refeição para duas pessoas, em restaurante, com bebida (cerveja ou refrigerante) e gorjeta

– Médio: 500-700 CZK

– Baixo: 300-500 CZK

• Pedaço de pizza na rua: 35 CZK

• Pizza inteira: 180 CZK

• Linguiça/salsicha na Praça Venceslau (Václavské náměstí): 85 CZK

• Cachorro-quente na Malá Strana: 40 CZK

• Sanduíche pronto no supermercado: 50 CZK

• Almoço para uma pessoa em um pub, com bebida: 180 CZK

• Big Mac: 75 CZK

• Menu em um fast food: 150 CZK

• Café médio: 70 CZK

• Cerveja tcheca (500 ml)

– Num bar: 45 CZK

– No supermercado: 15 CZK

• Água (500 ml)

– Na rua: 35 CZK

– No supermercado: média de 10 CZK, mas as redes de supermercados têm marcas própria por preço mais baixos, em garrafas grandes. Importante: você pode beber água da torneira em Praga.

• Coca-Cola: 40 CZK

Latas de Pilsner Urquell

Vai por mim: melhor comprar cerveja

 

Transporte e hospedagem

• Passagens de transporte urbano

– 30 minutos: 24 CZK

– 90 minutos: 32 CZK

• Passes de transporte urbano

– 24 horas: 110 CZK

– 72 horas (3 dias): 310 CZK

• Hotéis: 1.600 CZK/noite, em um hotel 3 estrelas médio. Isso é preço aproximado, lembre-se. Para saber direitinho, veja nossa lista de sugestões de onde ficar em Praga e aproveite a consultoria GRATUITA para decidir onde ficar.

• Táxi centro/aeroporto (e vice-versa): 450 CZK

• Transfer privado centro/aeroporto (e vice-versa): 550 CZK, na Prague Airport Transfers

Ônibus especial centro/aeroporto (e vice-versa): 60 CZK

• Litro de gasolina: 37 CZK

bilhetes metro bonde praga

Os bilhetes mais utilizados pelos turistas (falta o de 30 minutos, o mais barato)

 

Atrações

– Castelo de Praga (tour mais completo): 350 CZK

– Torre do Relógio: 250 CZK

– Torre de Observação Petřín: 150 CZK

– Casa Municipal (tour guiado): 290 CZK

 

Total Geral

Com base nos valores acima, vamos aos cálculos aproximados.

Se um casal…

…ficar num hotel 3 estrelas: 1.600 CZK/noite

…tomar o café da manhã no hotel

…almoçar num restaurante barato: 400 CZK

…tomar dois cafés e comer dois sanduíches à tarde: 240 CZK

…jantar num bom restaurante médio: 600 CZK

…comprar dois passes de transporte de 72 horas: 620 CZK no total (ou 207 CZK por dia)

Pode calcular uma média de gastos de 3050 CZK por dia, aproximadamente 120 EUR por dia (ou, arredondando para cima, 60 EUR por pessoa, por dia).

Entrou no seu orçamento? Então lembre-se de que atrações, compras, táxis extras e extravagâncias não estão incluídas no cálculo acima.

Se estiver bom para você, já pode ir para Praga.

Sobre o Autor

58 Comentários
 
  1. Susana 2 de setembro de 2019 at 11:38 am Responder

    Olá, Gabe!
    Parabéns pelo seu site, ele é muito legal!
    Se você puder me ajudar, gostaria de algumas orientações sobre clima, hospedagem e voo.
    De 19 a 23/11/2019, eu tenho um evento acadêmico em Praga. Nunca estive em Praga, nunca viajei sozinha e moro em Sergipe, ou seja, convivo com o calor nordestino do Brasil.
    Estava pensando em ficar alguns dias a mais depois do evento. Mas estou preocupada com o frio, a duração do voo, e o local para a hospedagem.
    Caso você possa me dar algumas sugestões ou indicar sites, eu agradeço muito!!!

    • Gabe Britto 4 de setembro de 2019 at 8:14 am Responder

      Oi, Susana!

      Sobre o clima: Qual a melhor época para visitar Praga?

      Duração do voo: depende do voo que você tiver. Não sei se há voos diretos de Sergipe para a Europa. Se não houve, você provavelmente vai fazer uma troca de avião em alguma outra cidade brasileira e, de lá, vira para outra capital europeia. Nessa capital, você fará uma nova troca de voo para Praga. Então a duração vai variar de acordo com o seu voo. Para ter uma ideia boa, imagine que toda a função de voos, trocas e esperas vá durar umas 24 horas.

      Sobre local de hospedagem: Onde ficar em Praga.

      Você também pode pedir orientações para o pessoal do evento do qual vai participar. Às vezes eles têm dicas.

      Abraço e boa sorte!

  2. Cristiane Queiroz Borges 24 de julho de 2019 at 10:21 pm Responder

    Olá,
    Adorei seu blog!
    Eu e meu marido estaremos saindo de Praga com destino a Berlim em 07/10/2019 e queremos fazer um pit stop em Dresden. Pesquisando passagem de trem na DB o melhor preço foi 79 euros por pessoa. Achei caríssimo!
    A opção de ônibus é ruim??? Quanto tempo de ônibus de Praga para Dresden e de Dresden para Berlim?

    • Gabe Britto 25 de julho de 2019 at 7:23 am Responder

      Oi, Cristiane! =)

      Faça uma busca no site da companhia tcheca de trens. Link aqui: https://www.cd.cz

      Sobre a opção de ir de ônibus, os das companhias RegioJet e Flixbus são ótimos e costumam levar o mesmo tempo que o trem. Apenas tome cuidado para comprar passagens separadas Praga-Dresden e, depois, Dresden Berlim, porque você não pode descer do ônibus em Dresden e depois seguir em outro. Você precisa ter bilhetes separados para cada trecho.

      Tempos de viagem:
      – Praga-Dresden: aproximadamente 2h15.
      – Dresden-Berlim: aproximadamente 2h.

      E se vocês precisarem de algum serviço para facilitar sua visita a Praga, dê uma olhada no Amigo em Praga. 😉

      Abraço!

  3. Tatiane Pioltine 19 de maio de 2019 at 11:35 am Responder

    Olá! Obrigada pelas dicas. Ótimo seu blog!

    No início de 2020 vou me casar e estou procurando por um local para Lua de mel. Como vamos gastar muito com a festa a questão de Praga ser mais barata e não ser euro me chamou a atenção.
    Você acha 7 dias suficientes para conhecer Praga? Se for para conhecer outro país próximo de ônibus qual você indicaria?
    Vi um apto ótimo com preço bom no bairro Jicín, este bairro é bom?
    Obrigada!!!

    • Gabe Britto 19 de maio de 2019 at 12:35 pm Responder

      Oi, Tatiane!

      Praga é maravilhosa para uma lua de mel! E, sim, é bem mais barata do que países da zona do euro. Seria uma ótima escolha! =)

      Mas atenção: Jičín não é Praga! É uma pequena cidade a 96 km da capital. Cuidado com essa busca no Airbnb, porque muitos lugares colocam como se fossem em Praga, mas são nos arredores. De qualquer maneira, nunca havia visto um lugar tão distante aparecer como “Praga” no site.

      Recomendo que vocês busquem hospedagem nos lugares que eu indico. Vá ali na aba ONDE FICAR para ver.

      Sobre os 7 dias, eu acho um período ótimo, mas tudo depende do seu estilo de viagem. Se você gosta de caminhar tranquilamente e conhecer lugares diferentes, descansando e aproveitando, é ótimo. Mas se você prefere apenas conhecer o básico, correndo, é demais.

      País próximo indicado? Com exceção da Polônia, todos os vizinhos usam o euro, o que deixa as coisas mais caras. Na Polônia eu indicaria Cracóvia, mas só se for no trem noturno, porque no diurno vocês levarão muito tempo.

      Viena é uma ótima pedida, dá para ir em menos de 5 horas, mas é bem mais cara do que Praga. Já Berlim é quase o mesmo tempo de viagem e um pouco mais barata que Viena.

      Ainda tem Bratislava, a 4 horas de Praga. Lá também é euro, mas é mais barata do que Berlin e Viena. E também é bem menor (as pessoas costumam passar um único dia, porém eu acho que vale passar uma noite, no mínimo).

      Aproveite e veja também os outros serviços que eu ofereço aqui. Talvez algum seja legal para ajudar na lua de mel. =)

      Abraço!

  4. Viviane Oliveira 9 de maio de 2019 at 11:32 am Responder

    Olá,estou indo à Praga e vou ficar 15 dias,vou com todas as despesas pagas, inclusive hospedagem, alimentação e passagens. Vai um grupo de trabalho também, porém eu vou em um vôo diferente. Tem um valor mínimo ao qual é exigido eu ter? Tendo em vista que eu não irei precisar de dinheiro para gastar,pois tudo será pago. Eu terei dificuldade por não falar inglês ou tcheco? Sim,eu sei que terei. Mas eles podem impedir minha entrada por isso?

    • Gabe Britto 9 de maio de 2019 at 12:39 pm Responder

      Oi, Viviane.
      Eu nunca me arrisco a colocar aqui as informações sobre o que pode ser preciso apresentar na fronteira do Espaço Schengen porque nunca encontrei esses dados numa fonte oficial e parece que tudo muda o tempo todo.
      Mas outros blogs colocam isso e o que eu mais confio é o Viaje na Viagem. Segundo ele, você precisa ter:
      – Passagem de volta;
      – Reserva de hotel ou carta-convite;
      – Seguro-viagem com cobertura mínima de 30.000 euros;
      – 65 euros por dia, podendo ser em dinheiro vivo ou cartão de crédito (leve um extrato dele apresentando seu limite).
      Peça informações na empresa que vai patrocinar a sua viagem. Ela deve entregar tudo isso para você.
      Sobre não falar tcheco ou inglês, você certamente vai passar alguns perrengues, mas nada deve muito complicado (você pode até se divertir no final) e ninguém vai impedir a sua entrada apenas por esse motivo.
      Para ler mais sobre isso no Viaje na Viagem, veja este post: https://www.viajenaviagem.com/2019/03/brasileiros-barrados-europa/
      Seja bem-vinda a Praga. =)

  5. Junior 26 de abril de 2019 at 9:08 pm Responder

    Olá. Tenho uma proposta de participar de uma pesquisa em Praga e estou pesquisando os preços. Gostei muito do seu guia. Nessa proposta, pagando 2000 euros antecipadamente eu vou ter acesso ao dormitório da faculdade e ao restaurante universitário de lá (garantindo desconto grande no almoço – algo em torno de 2.5 euros por prato) durante a minha estadia.
    A pesquisa vai durar 3 meses e durante esses 3 meses estarei amparado com um local pra dormir e almoço “barato” (é barato mesmo?). Meus gastos ficarão sendo então somente com lazer e viagens. Pro período, eu calculei mais ou menos R$4000 de passagem, mais esses 2000Euros = R$8700, mais 300euros = R$1000 de almoço nesse restaurante. Ou seja, só pra pisar e SOBREVIVER eu vou ter um custo de aproximadamente 14 a 15mil reais (gosto de chutar os valores pro alto).
    Esse é o preço pra eu sobreviver, mas e pra eu VIVER? Quanto você acha que gastarei nesses 3 meses para conhecer um pouco a cidade, o país e (se possivel) até mesmo o continente? Tendo em vista que não tenho tanto dinheiro assim, gostaria de uma ideia de quanto mais ou menos vai custar esse meu “lazer” por Praga. Uma ultima coisa, a pesquisa se dará entre Janeiro e Março de 2020, alguma dica para o inverno tcheco?
    São muitas perguntas, eu sei, mas estou bastante ansioso e quero começar desde já a pesquisar as coisas. Gostei muito do seu site e vou ler bastante sobre suas dicas antes de viajar.
    Obrigado.

    • Gabe Britto 27 de abril de 2019 at 7:42 am Responder

      Junior, essa sua pergunta foge do tema do site (que é exclusivamente turismo), mas vou abrir uma exceção e dar uma dica: o preço total que pediram equivale a 17 mil CZK por mês. Com esse valor você consegue pagar um bom quarto num apê compartilhado (12.000 CZK/mês) e sobram 166 CZK por dia para almoço – o que dá para você ir em restaurantes variados e pedir o prato do dia. Procure por apartamentos compartilhados em Praga. O Google tem muitas opções.

      Já para conhecer a cidade, você vai ter que analisar o que pretende fazer. Eu não tenho como dizer nada além do que está no post, porque as pessoas têm gostos e necessidades diferentes. Pense no seu estilo de viagem e no que você quer fazer e faça as contas com as informações do post.

      Sobre o inverno: esteja preparado para pouco sol, dias curtos e muito frio.

      Abraço e boa sorte.

  6. sheila 10 de março de 2019 at 8:59 pm Responder

    Quanto custa a passagem em media em real , no caso saindo de Salvador- Ba no mês de Junho?

  7. Haiany 26 de janeiro de 2019 at 8:08 pm Responder

    Oi vou para Praga em abril de 2020 com 18 anos vc acha perigoso eu ir sozinha? Tenho vontade conhecer outros países que ficam próximos a praga como a França, Itália, Alemanha quanto você acha que é necessário levar e qual você acha mais barato ir de trem ou de avião?

    • Gabe Britto 27 de janeiro de 2019 at 9:55 am Responder

      Oi, Haiany. Tudo bem?

      Parabéns pela iniciativa e determinação de viajar sozinha aos 18 anos! Parabéns mesmo! =)

      Em geral, esses países que você pretende visitar na Europa não têm perigos muito grandes para você, mas é preciso ficar atenta em algumas situações, como em aglomerações (nada de carteira ou mochila nas costas), à noite ou na hora de trocar dinheiro, por exemplo. A Mari Campos tem um livro sobre viajar sozinha, recomendo que você compre e leia antes de embarcar: http://www.maricampos.com/livros-da-mari Também recomendo que você pesquise bastante sobre dicas de mulheres viajantes. Elas podem falar disso muito, muito, muito, muito melhor do que eu.

      Sobre a melhor forma de ir de Praga para esses outros lugares, bem, tudo vai depender das cidades que você quer conhecer em cada país. Se você quiser ir de Praga para Berlim, por exemplo, eu vou recomendar ônibus ou trem. Mas se você quiser ir de Praga para Hamburgo, daí é melhor voar mesmo, entende? Então você vai ter que parar e analisar com calma o seu roteiro para definir essas coisas.

      Minha sugestão mais importante aqui é: não tente conhecer tudo numa única viagem. Infelizmente você vai ter que deixar alguma coisa para depois, caso contrário vai passar muito rápido por vários lugares ou vai perder muito tempo com deslocamentos longos. É triste cortar lugares, mas é o melhor para a sua viagem.

      Na questão financeira, tudo também depende dos locais onde você vai ir, de onde vai se hospedar, de quantos dias vai ficar, do que pretende fazer e de como é o seu estilo viajando (você só come lanche barato? Ou só quer ir em restaurantes?). O fundamental agora é você saber que precisa ter um valor mínimo que gira ao redor de 65 euros por dia para que a sua entrada na União Europeia seja autorizada. De resto, fica outra sugestão: pare, pense, pesquise e faça o seu roteiro com calma. Então você vai pode começar a pesquisar quanto vai precisar para a viagem.

      Aqui tem bons blogs para você pesquisar esses assuntos:

      Viaje na Viagem

      Sundaycooks

      Matraqueando

      Espanha Total (que, apesar de ser focado em Espanha, tem dicas gerais sobre organização de viagem que valem para qualquer aventura)

      360 Meridianos

      Ok? =)

      Boa sorte e boa viagem!

  8. Isabela 24 de janeiro de 2019 at 11:13 am Responder

    Olá tudo bem? Muito obrigada pelo post! Achei um dos mais completos e bem estruturados que andei vendo! Consegui um voluntariado de 30 dias em praga num hostel, queria aproveitar minha estadia pra viajar por outros lugares e por isso pensei em ir somente com a passagem de ida, você acha que a imigração implicaria com isso?

    Abraços !

    • Gabe Britto 24 de janeiro de 2019 at 12:55 pm Responder

      Oi, Isabela.

      Não venha sem uma passagem de volta.

      Se pedirem para você na alfândega do Espaço Schengen (área de livre circulação dentro da Europa, da qual a República Tcheca faz parte, procure no Google para entender), sua entrada vai ser negada e você vai ser enviada de volta para o Brasil.

      Na verdade, é possível que nem o seu embarque seja permitido no Brasil, porque as companhias aéreas também podem verificar isso.

      Tenha uma passagem de volta ou um algum visto que permita que você fique mais do que os 90 dias liberados para brasileiros.

      Se não for assim, repito: não venha apenas com passagem de ida.

      Abraço e boa sorte.

  9. Lisa 9 de janeiro de 2019 at 1:01 am Responder

    Será que 250 euros, para duas semanas, chega para uma pessoa (não tenho de pagar hotel)?

    • Gabe Britto 9 de janeiro de 2019 at 5:59 am Responder

      Oi, Lisa. 250/15 dá 16 euros por dia. Trocando seu dinheiro por uma cotação de 25 CZK, dá 400 CZK por dia. Se você for muito, muito econômica, chega.

      Apenas não esqueça que esse valor não é o suficiente para passar pela imigração, então tenha junto um cartão de crédito e comprovantes de que você tem bem mais dinheiro do que isso. Em geral, se for solicitado por um agente da alfândega, você precisa comprovar ter 65 euros por dia de viagem.

  10. cintia 18 de outubro de 2018 at 5:25 pm Responder

    Olá boa tarde,
    irei para Praga em dezembro e ficarei 10 dias (meu marido e eu). já temos o hotel reservado e quero saber se 2.500 euros é suficiente para nós dois (alimentação, passeios e lembrancinhas). obrigada deste já.

    • Gabe Britto 18 de outubro de 2018 at 6:38 pm Responder

      Oi, Cíntia.

      Para mim e para minha mulher, isso seria muito mais do que suficiente. Mas tudo vai depender de onde vocês vão comer, de quais passeios vão fazer e de quais lembrancinhas vão comprar. 😉

      Abraço.

  11. Renata 14 de outubro de 2018 at 5:06 am Responder

    Oi! Ainda acontecem protestos contra o Uber ou funciona normal? O taxi é muito mais caro? Obrigada.

    • Gabe Britto 14 de outubro de 2018 at 11:33 am Responder

      Oi, Renata. Já faz bastante tempo que não acontecem protestos grandes e não tenho lido notícias de agressões a motoristas. Pode pegar Uber tranquilamente, apenas lembre-se de liberar o seu cartão de crédito para despesas internacionais. O táxi tem um preço razoável, mas o Uber é mais barato. 😉

  12. maria do carmo 3 de setembro de 2018 at 6:43 pm Responder

    muitas dicas boas, adorei. Vou agora em setembro, com dicas ´0timas.

    • Gabe Britto 4 de setembro de 2018 at 1:48 pm Responder

      Que bom que você gostou, Maria! =)

  13. Marcelo 18 de junho de 2018 at 12:22 pm Responder

    Olá!

    Estou indo sábado agora para Praga e estou levando euro em espécie. Os estabelecimentos aceitam a moeda (euro) ou devo comprar a Coroa Tcheca em alguma casa de câmbio?

    *qualquer estabelecimento

    • Gabe Britto 18 de junho de 2018 at 12:44 pm Responder

      Oi, Marcelo.

      Existem locais que aceitam euros, mas a cotação sempre vai ser ruim para você.

      O post Onde trocar dinheiro em Praga tem todas as informações que você precisa sobre o assunto.

      Abraço e boa viagem!

      • lenita 19 de outubro de 2018 at 8:15 pm Responder

        Oi Marcelo, vi que vc foi recentemente para Praga. Qual melhor e mais barata forma de ir do aeroporto ao hotel?
        Agradeço a informação
        Lenita

  14. Diogo 13 de junho de 2018 at 7:39 pm Responder

    Olá. Otimo Post. Realmente ajudou bastante. Uma dúvida: Estou indo à CZK em agosto, em um festival de música. Gostaria de saber qual o meio de transporte recomendável para sair do centro de Praga e ir ao Aeroporto, no período noturno. Chegarei em Praga (vindo do interior de trem) às 23hrs do sábado. Preciso ir ao Aeroporto pois meu voo sai às 6 da manhã do domingo. Grato

  15. valterjoziel@gmail.com 1 de junho de 2018 at 2:26 pm Responder

    Qual o valor médio de carro e motos aí em praga

    • Gabe Britto 1 de junho de 2018 at 5:56 pm Responder

      Oi, Valter. Boa tarde. Tudo bem? Você pode pesquisar o preço médio de carros para alugar no site da Rentcars. Abraço.

  16. Dante 9 de maio de 2018 at 1:25 am Responder

    Olá Gabi!
    Gostaria de saber se o valor médio da diária casal em praga continua o mesmo ou aumentou muito?

    • Gabe Britto 9 de maio de 2018 at 11:56 am Responder

      Oi, Dante!

      Que bom que você perguntou isso. Eu revisei esse post em janeiro de 2018, mas não troquei a data e me confundi na soma final. Agora está tudo certo e eu aumentei o preço dos hotéis um pouco, para garantir.

      Apenas lembrando: esse preço é uma média, você pode conseguir preços mais baixos e bem mais altos no mesmo padrão de hotel. Tem que pesquisar no Booking para escolher bem.

      Abraço!

  17. marcela 22 de fevereiro de 2018 at 3:01 pm Responder

    Ola Gabe!
    Voce saberia me dizer se o Uber funciona tranquilamente em Praga?
    Grata

    • Gabe Britto 22 de fevereiro de 2018 at 11:36 pm Responder

      Oi, Marcela!
      Sim, funciona igualzinho. Apenas saiba que estão acontecendo protestos frequentes dos taxistas contra Uber, porque a empresa ainda não é legalizada na Rep. Tcheca.
      Abraço!

  18. Claudenes Almeida 7 de fevereiro de 2018 at 7:29 pm Responder

    Boa Tarde,

    Parabéns pelo site. Realmente muito bom e excelente post. Tenho uma pergunta. Estou em processo seletivo para ir trabalhar em Praga trabalho na area de TI. Estou buscando referencias da base salarial de um Desenvolvedor Sênior em Praga. Saberia dizer mais ou menos?

    Atenciosamente,

    • Gabe Britto 7 de fevereiro de 2018 at 8:04 pm Responder

      Claudenes, agradeço pelo elogio mas infelizmente não posso ajudar. Não tenho ideia de salário desse cargo e o Insider Praga não trata de questões de imigração. Aqui é só turismo. 😉 Abraço e boa sorte!

  19. Daiane 27 de julho de 2017 at 6:31 pm Responder

    Amei a postagem e o blog!Achei muito bem estruturado e gostei muito do fato de ter o preço de tudo, que é uma das coisas mais importam para quem vai viajar!Parabéns!

    • Gabe Britto 29 de julho de 2017 at 3:04 am Responder

      =)

  20. Décio Lavos Coimbra 2 de julho de 2017 at 7:09 am Responder

    Por enquanto só vou elogiar; depois, em outros posts, faço perguntas, se for o caso (na verdade já lhe mandei e-mail perguntando sobre Terezín pois não tinha atentado, naquele post isolado, que era apenas parte de um grande e belo trabalho). Enfim, eu achava que não haveria um site/blog tão completo quanto o do Passaporte BCN, sobre Barcelona, e vejo que vocês também são excelentes. Parabéns.

    • Gabe Britto 2 de julho de 2017 at 6:59 pm Responder

      Décio, muitíssimo obrigado pela comparação com o Passaporte BCN. O Tony e a Cecília são minhas inspirações. =)

  21. Auxiliadora 13 de junho de 2017 at 9:10 pm Responder

    Amei as dicas,vou em setembro.Gostaria de saber se é muito frio e chove.o espanhol é uma opção para se comunicar lá?

    • Gabe Britto 13 de junho de 2017 at 9:21 pm Responder

      Que bom que você gostou, Auxiliadora. =)

      Sobre setembro, a resposta está no post Qual a melhor época para visitar Praga?

      Sobre o espanhol, a língua não é uma opção para se comunicar na cidade, não. É claro que existem tchecos que falam espanhol mas não é algo que você encontra em todo lugar. Bem longe disso.

      Se você precisar de alguém falando português, neste link você encontra uma indicação de guia em Praga.

      Abraço e boa viagem!

  22. Francine 6 de março de 2017 at 12:30 pm Responder

    Que maraviha de post, estava meio indecisa sobre ir a Praga, pq nao conheco nada e fiquei confusa com a moeda. Ajudou bastante, nas proximas semanas estarei por la! 🙂 Obrigada!

    • Gabe Britto 6 de março de 2017 at 8:34 pm Responder

      Que bom, Francine! Boa viagem! =)

  23. Mário 25 de janeiro de 2017 at 4:27 am Responder

    Parabéns pelas dicas e muito obrigado pelas dicas.Você realmente escreve com muita empatia,pois pode tirar as dúvidas da família quanto a um planejamento financeiro realista para a cidade.Abril me aguarde!(Agora já vou poder decidir se vou a um beer spa.kkkk).

    • Gabe Britto 2 de fevereiro de 2017 at 7:07 am Responder

      Obrigado pelo elogio, Mário! Boa viagem! =)

  24. Fernanda Lopes 17 de novembro de 2016 at 11:25 am Responder

    Estou planejando ir em junho do ano que vem pra lá e esse post já me deu uma grande ajuda com idéia de preços. Mas ainda tenho uma dúvida, você sabe se o Uber funciona bem por lá?

    • Gabe Britto 17 de novembro de 2016 at 12:38 pm Responder

      Oi, Fernanda! Que bom que o post ajudou!
      O Uber funciona muito bem e igualzinho ao Brasil. O valor final aparece para você em CZK e o cartão de crédito faz a conversão no dia do pagamento. O único porém é que talvez você não pegue um motorista que fale inglês, mas tendo o endereço da corrida, não tem problema. Boa viagem!

  25. luiz carlos 8 de novembro de 2016 at 11:04 pm Responder

    uau bom mesmo este blog parabens pude ter uma ideia de qto custa , e cheguei a conclusão q é pra la q vou …rsrsrs

    • Gabe Britto 9 de novembro de 2016 at 12:29 am Responder

      =) Que bom, Luiz Carlos!

  26. Alessandra 23 de outubro de 2016 at 9:31 pm Responder

    Ótimo seu blog, adorei os roteiros para 2 e 3 dias, sei que o melhor seria ficar mais, mas acho que só vai dar para ficar 2 dias inteiros. Pretendo ir em abril de 2017

    • Gabe Britto 24 de outubro de 2016 at 12:56 am Responder

      Abril é uma ótima época, Alessandra! Tomara que já esteja pintando um calorzinho. 😉 Obrigado pelo elogio e fico feliz por ajudar! Abraço!

  27. Amanda 18 de outubro de 2016 at 3:55 pm Responder

    Adorei. Obrigada.

    • Gabe Britto 20 de outubro de 2016 at 4:19 pm Responder

      Que bom que você gostou, Amanda! Espero que tenha ajudado! =)

  28. Izabel 22 de setembro de 2016 at 1:44 pm Responder

    Muito bom mesmo . Tnh louc de conhecer essa maravilhosa cidade.

    • Gabe Britto 22 de setembro de 2016 at 3:45 pm Responder

      Você vai amar, Izabel! =)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.