Reforma no Relógio Astronômico de Praga: veja informações e previsões

Muitos vão se frustrar, mas a obra é necessária e está planejada para causar o mínimo de incômodo, veja o cronograma
Notícias e curiosidades  /   /  Por Gabe Britto

Os turistas que passearam por Praga nas últimas semanas já perceberam: a Prefeitura da Cidade Velha, sua torre e o Relógio Astronômico de Praga estão entrando em reforma.

Os andaimes já estão instalados mas ainda é possível visitar a torre e o interior da prefeitura, além de ver o Relógio Astronômico.

As principais perguntas que começam a aparecer entre os viajantes são: até quando vão as obras? O que vai ser fechado? O relógio vai ser coberto em algum momento? Quando?

Explicarei, mas vamos por partes.

Reforma no Relógio Astronômico de Praga e na Prefeitura da Cidade Velha

Até quando vão as reformas?

Tudo vai acontecer em etapas, com algumas partes terminando antes e outras começando depois.

O objetivo é finalizar completamente antes (bem antes) de 28 de outubro de 2018, quando acontece a comemoração dos 100 anos da fundação da Tchecoslováquia, o antigo pais formado pela República Tcheca e pela Eslováquia.

 

O que vai ser fechado?

Ao longo das obras, a torre, a capela interna e o relógio intercalarão momentos de fechamento e abertura para o público.

Reforma no Relógio Astronômico de Praga: relógio com tapumes de obra

A torre e o relógio em dois ângulos: situação em maio de 2017 (fotos: Bruno Stucchi)

 

O relógio vai ser coberto? Quando?

Nessa divisão de etapas, os prazos previstos (aproximados!) são estes:

Entre 1º de junho e dezembro de 2017: torre fechada, mas visitas guiadas pelo interior da prefeitura seguem normalmente. Relógio Astronômico visível e funcionando – apenas a parte inferior dele (o calendário) já foi retirada e será substituída por uma foto.

Entre janeiro e maio de 2018: torre aberta e visitas guiadas pelas outras áreas do interior seguem acontecendo, apenas com a capela fechada. Relógio Astronômico visível até as 9h do dia 8 de janeiro (veja o próximo item).

Entre janeiro e junho de 2018: relógio desligado, retirado e coberto. Haverá uma foto dele sobre os tapumes.

Entre junho e outubro de 2018: relógio novamente visível e funcionando. Ainda não há informações dizendo se outras áreas fecharão. A princípio, não.

Os prazos acima são estimados. A intenção da prefeitura é manter o relógio visível pelo maior tempo possível, mas imprevistos podem acontecer e existe a possibilidade dele precisar ser coberto antes do imaginado ou ter a sua reabertura atrasada. Você sabe: obras sempre podem ter mudanças de cronograma.

 

Por que estão fazendo essas reformas?

Prefeitura da Cidade Velha estava precisando de reformas havia muito tempo.

As últimos grandes reparos feitos nela aconteceram entre 1945 e 1948, depois do bombardeio sofrido no fim da Segunda Guerra. O Relógio Astronômico de Praga foi totalmente destruído na época.

Praga: A Prefeitura da Cidade Velha e o Relógio Astronômico, depois do bombardeio, em 1945

A Prefeitura da Cidade Velha e o Relógio Astronômico, depois do bombardeio, em 1945 (fotos de domínio público)

Depois daquilo, somente consertos pontuais foram realizados nos anos 70 e 80, com outros pequenos ajustes em 2005. Desde então, mais nada.

Para um prédio construído em 1338 e um relógio montado em 1410, eles estão muito bem conservados. Mas precisam ser bem cuidados para que continuem lindos por mais tempo.

Sobre o Autor

14 Comentários
 
  1. Carlos 4 de agosto de 2018 at 6:04 pm Responder

    Boa Tarde Gabe!

    Estarei em Praga no dia 07 de Outubro de 2018, você sabe dizer se o relógio vai estar coberto ainda? Muito obrigado!!

    • Gabe Britto 4 de agosto de 2018 at 7:20 pm Responder

      Oi, Carlos! Boa tarde!

      Neste exato momento o relógio segue coberto, com uma projeção da imagem dele sobre os tapumes. Não tenho como informar se ele vai estar aberto no dia 7 de outubro, porque nenhuma data exata foi divulgada. Eu acredito que sim, porque 28 de outubro é a data dos 100 anos da Tchecoslováquia e a intenção é que ele esteja aberto nas comemorações. Mas isso é só o que eu acho, não é uma posição oficial da prefeitura.

      Fique ligado no blog nas redes sociais. Assim que ele estiver visível novamente, eu avisarei. 😉

      Abraço!

  2. Renato Garozi 20 de dezembro de 2017 at 11:11 am Responder

    Olá Gabe, estarei em Praga a partir do dia 20 de fevereiro…Segundo as previsões o relogio vai estar coberto então?
    Só pra confirmar mesmo, é que me deu uma dor no coração quando vi essas informações :((

    • Gabe Britto 20 de dezembro de 2017 at 11:30 am Responder

      Puxa, Renato… Sim, salvo qualquer imprevisto no cronograma, o relógio vai estar coberto. =( Mas Praga tem MUITO mais para ser visto, não se preocupe porque não faltarão oportunidades de fotos. 😉

      • Renato Garozi 20 de dezembro de 2017 at 3:09 pm

        Que pena…mas obrigado pela resposta!

  3. Andréa 16 de julho de 2017 at 7:42 pm Responder

    Olá, Gabe! Uma dúvida sobre o Clementinum. Ao entrar no site há uma informação que talvez não seja possível fazer o tour guiado devido a uma disputa judiciária com a Biblioteca Nacional. Você sabe algo sobre isso? Grata, Andréa.

    • Gabe Britto 16 de julho de 2017 at 9:17 pm Responder

      Oi, Andréa. Como eu recomendo no post, passe por lá e verifique pessoalmente (fica no caminho entre a Praça da Cidade Velha e a Ponte Carlos), fique de olho no site ou ligue usando os telefones indicados nele. A princípio, se o site ainda está com o aviso, é porque os tours ainda não voltaram ao normal. De qualquer maneira, reforço que o ideal é passar lá e verificar. Abraço!

      • Andréa 28 de julho de 2017 at 1:20 am

        Valeu!

  4. Andre Casanova 24 de maio de 2017 at 8:29 pm Responder

    Bem… vendo pelo lado bom, pelo menos irei no final de Outubro e verei o relógio descoberto e participarei da festa do centenário. Pelo menos isso…

    • Gabe Britto 24 de maio de 2017 at 9:18 pm Responder

      André, todos nós vivemos isso um dia. Na minha primeira visita a Berlim, cheguei lá todo feliz, corri para o Portão de Brandemburgo e adivinha? Estava completamente coberto. Seriq como ir a Praga e ver o castelo ou a Ponte Carlos cobertos por tapumes. =) Murphy viaja com a gente. Abraço!

      • Gabe Britto 24 de maio de 2017 at 9:21 pm

        Você percebeu que o outubro do centenário é de 2018, né? 😉

      • Andre Casanova 25 de maio de 2017 at 12:12 pm

        Percebi agora que você falou. Bem… pelo menos nada com a Ponte vai acontecer e também não pegarei a fase do relógio coberto.
        Presenciarei a Grande Reforma para me conformar um pouco. hahahahha Ok, ok… estou tentando ser otimista. Sou o cara que sem enxerga o copo meio cheio. =D Pelo menos é apenas o Relógio! rsrsrsrs

        Mas chegar em Berlin e ver o Portão de Brandemburgo coberto deve ser chato mesmo.

      • Gabe Britto 25 de maio de 2017 at 12:55 pm

        Foi péssimo! Foi o primeiro lugar para onde fui na cidade! Foi como chegar em Paris e ver a Torre Eiffel coberta!

        Quer mais? Quando fui para Pequim, adivinha o que estava coberto? A fachada da Cidade Proibida… Tive sorte porque voltei uns 10 dias depois e os tapumes haviam sido retirados, mas a decepção do início foi inevitável.

        Enfim, como eu disse, Murphy viaja com a gente. Essas coisas acontecem. 😉

  5. Andre Casanova 24 de maio de 2017 at 8:28 pm Responder

    hahahahaha EEEEEE azar lascado. Nunca viajei para fora, quando resolvo fazer minha primeira viagem… hahahahahaha tem que rir para não chorar.

Deixe um comentário