Luková e a igreja dos fantasmas

Ela pode assustar à primeira vista, mas o cenário é tão lindo que merece uma visita (principalmente se você gosta de arte)
Bate-voltas e outras cidades  /   /  Por Gabe Britto

Luková é um vilarejo perdido no interior da República Tcheca. Tão perdido que, se você tentar ir para lá sem prestar atenção aos resultados que aparecem no Google, pode acabar em outra cidade com o mesmo nome, no leste do país, na direção exatamente oposta.

Mas ao mesmo tempo em que confunde na hora de indicar onde fica a Luková deste post, o Google sabe muito bem por que as pessoas querem ir ao vilarejo: pela Igreja de São Jorge, famosa graças a estas figuras fantasmagóricas aqui embaixo.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

São 32 esculturas ocas, feitas apenas com tecidos e gesso, todas em poses diferentes, posicionadas como se fossem pessoas em uma missa.

A primeira reação de muitos para quem mostrei estas imagens foi de medo. “Credo!” deve ter sido a expressão mais dita. Mas as fotos deixam as coisas mais assustadoras do que realmente são.

Ao vivo, o cenário geral é lindo e de muita paz.

A expressão corporal, os detalhes das curvas e as dobras suaves dos tecidos são impressionantemente realistas e fazem você não acreditar que tudo aquilo é rígido e vazio. Pelo contrário: dá para jurar que aquele casal abraçado, aquela mãe com um bebê no colo, aquele fiel rezando ajoelhado e todos os outros estão realmente ali, na sua frente, naquela cerimônia eterna, em uma igreja abandonada e caindo aos pedaços, cercada de túmulos – verdadeiros – numa cidadezinha praticamente fantasma e completamente imersa em silêncio.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O mérito da obra e da consequente fama atual de Luková é do artista tcheco Jakub Hadrava.

Tudo começou em 2012, quando um professor da faculdade de artes que Jakub cursava pediu que os alunos saíssem pela região procurando igrejas em mau estado, onde pudessem fazer instalações artísticas e levantar dinheiro para suas reformas.

Na busca por uma igrejinha, Jakub chegou em Luková, a quase 120 km de Praga.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

Vista geral de Luková

Lá, no vilarejo de 900 anos de idade e apenas 5 moradores permanentes, ele encontrou a Igreja de São Jorge (Kostel sv. Jiří), uma belezinha construída originalmente em 1352, mas saqueada, incendiada, destruída e reconstruída várias vezes ao longo da sua história, até ser fechada definitivamente em 1968, depois que uma parte do teto caiu sobre as pessoas que estavam em um funeral.

Era o palco perfeito para o seu espetáculo e, com a ajuda de colegas, Jakub começou a criar as esculturas.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

A Igreja de São Jorge, em Luková

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

A primeira foi feita dentro da igreja mesmo, mas as outras foram na faculdade, para onde Jakub levou uma cópia dos bancos da capela. Em todas elas, o processo era igual: proteger o modelo com uma capa de chuva, acertar a posição no banco, cobrir com um tecido encharcado de gesso e esperar até secar.

O principal objetivo não-financeiro da instalação – que tem o nome de My Mind – faz mais sentido na República Tcheca, um dos países menos religiosos do mundo. Em um resumo bem resumido, Jakub quer fazer com que os visitantes lembrem de um tempo em que a era uma parte natural da vida cotidiana e percebam que hoje as igrejas estão vazias e, muitas vezes, abandonadas, exatamente como está a mente das pessoas.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

Aviso na porta da igreja: entre por sua conta e risco

Não sei se ele está conseguindo isso, mas o objetivo financeiro tem dado resultados, ainda que pequenos. Desde 2013, já foram arrecadados pouco mais do que o equivalente a 10 mil dólares e uma parte do telhado está em obras de restauração.

Eu fiz a minha doação quando estive lá, é claro. Mas, sinceramente, torço para que os restauradores protejam a São Jorge sem mudar as caraterísticas atuais.

Os fantasmas de Jakub combinam uma igreja com cara de abandonada. E uma igreja com cara de abandonada, por sua vez, combina com uma Luková perdida no mapa tcheco.

 

Como chegar na igreja dos fantasmas de Luková

Onde fica Luková?

A Luková deste post fica a aproximadamente 120 km a OESTE de Praga, entre a capital e as cidades de Karlovy Vary e Plzeň.

 

Qual é a melhor forma de encaixar Luková na minha viagem pela República Tcheca?

Eu aconselho as 5 formas abaixo, todas de carro alugado.

• Numa day trip desde Praga

Você sai de manhã, vai até ela e volta antes do meio da tarde, com tempo para aproveitar a noite na capital.

 

• No caminho entre Praga e Karlovy Vary (como eu fiz)

Siga pela rodovia E48 até Lubenec. Depois, saia da rodovia e pegue a estrada até Manětín. Chegando lá, ajuste seu GPS para Luková ou siga as placas. Visite a igreja, coloque as coordenadas para Karlovy Vary e aproveite o resto do dia. Você ainda vai ter bastante tempo se sair cedo de Praga.

• No caminho entre Karlovy Vary e Praga (no sentido oposto ao trajeto acima)

Siga pela rodovia E48 até a saída para Žlutice (estrada 205). Siga até Manětín e, chegando lá, ajuste seu GPS para Luková ou siga as placas. Visite a igreja, coloque as coordenadas para Praga e aproveite o resto do dia. Você ainda vai ter bastante tempo se sair cedo de Karlovy Vary.

 

• No caminho entre Praga e Plzeň

Siga pela rodovia E48 até Lubenec. Depois saia da rodovia e pegue a estrada até Manětín. Chegando lá, ajuste seu GPS para Luková ou siga as placas. Visite a igreja, coloque as coordenadas para Plzeň e aproveite o resto do dia. Você ainda vai ter bastante tempo se sair cedo de Praga.

• No caminho entre Plzeň e Praga (no sentido oposto ao trajeto acima)

Saia de Plzeň pela rodovia E49 até a saída para a estrada 205. Pegue a estrada até Manětín. Chegando lá, ajuste seu GPS para Luková ou siga as placas. Visite a igreja, coloque as coordenadas para Praga e aproveite o resto do dia. Você ainda vai ter bastante tempo se sair cedo de Plzeň.

 

Mas então só dá para ir a Luková de carro alugado?

Não. Você pode ir de ônibus também, mas vai precisar trocar de veículo várias vezes e vai demorar mais de 4 horas desde Praga (em cada sentido).

Se quiser tentar, vá para Plzeň (compre seu bilhete de ônibus na RegioJet), depois troque para um ônibus para Bezvěrov, depois para Mezí e, chegando lá, caminhe 1,5 km até Luková. Para os dois últimos ônibus, não é possível comprar com antecedência, mas eles são frequentes. Veja horários de todos aqui. Boa sorte.

 

Dá para ir de trem?

Sim, mas apenas até Plzeň. Porém, não recomendo, porque o ônibus da RegioJet é no mínimo 20 minutos mais rápido, é mais barato e muito mais confortável (tem wi-fi e tela individual com filmes a bordo).

Se você fizer questão de ir de trem, este é o site da companhia de trens da República Tcheca.

 

Onde eu posso alugar um carro em Praga?

A cidade é cheia de locadoras. Faça uma pesquisa na internet ou vá direto no excelente buscador Rentcars, parceiro do blog, com atendimento em português, pagamento em até 12X e sem IOF. Clique aqui para ir para lá.

 

Quanto tempo leva para ir da autoestrada E48 e voltar?

Preveja ao menos 1h (são 30 minutos para ir, mais 30 minutos para voltar). As estradas adjacentes são pequenas, têm curvas e velocidade máxima bem reduzida.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

Trecho de uma das estradas secundárias que leva a Luková

 

Vale a pena dormir nos arredores de Luková?

Apenas se você fizer questão de pegar uma luminosidade específica do sol sobre a igreja. Se não for assim, sua visita vai durar 1h, se tanto.

Mas não esqueça de combinar com o zelador da igreja, caso queira estar lá em horários alternativos (veja o contato logo abaixo).

 

Se eu quiser dormir nos arredores, como posso fazer?

O Booking tem hotéis e pensões em Žlutice,perto de Luková (clique aqui para ir direto para a página da cidade). Se você quiser ficar em Manětín, pode tentar alguma destas pensões na cidade.

 

A igreja fica aberta todos os dias?

Não. Você precisa chamar o senhor Petr para fazer uma visita. Aos domingos, ela está fechada, fechada mesmo.

 

Como eu faço para chamar o senhor Petr?

Você pode marcar uma visita pelo e-mail koukl.petr@email.cz ou pelo telefone +420 606 169 636.

 

Então precisa marcar hora?

Não. Eu cheguei lá sem hora marcada e sem saber da existência do senhor Petr, mas uma pessoa que estava na rua fez a gentileza de ligar para ele e eu consegui fazer a visita.

 

O senhor Petr fala inglês?

Quase nada. Você vai ter que se virar, mas vai dar certo.

 

E se eu só tiver um domingo para fazer a visita?

Você vai conseguir ver as esculturas pelas janelas da igreja, mas não vai poder chegar perto para ver detalhes.

O que fazer na República Tcheca: Luková e a igreja dos fantasmas

Vista da janela: num domingo, é só isso que você consegue

 

É possível fazer fotos na igreja?

Sim, a fotografia é livre,  com permissão até para usar tripé. O senhor Petr fica junto de você durante o período da sua visita e, logo no início, determina quanto tempo você tem para fotografar. Para mim, ele determinou 30 minutos, mas acabei passando disso e ele não deu bola.

 

Quanto devo doar para a igreja?

Você pode doar quanto quiser. Eu doei 300 CZK, o que deu aproximadamente 45 reais. O senhor Petr fez cara de feliz quando viu quantia que eu estava doando, então acredito que seja um valor bom para o tempo que tomei dele (uns 45 minutos). Se você for tomar mais, doe mais.

 

Onde posso ter mais informações sobre a igreja e a exposição?

Aqui. E atenção: o site indica que a igreja está fechada desde o dia 12 de setembro de 2016 para reformas. Verifique antes de ir ou escreva para o senhor Petr.

 
Este post tem links para um ou mais parceiros do blog. Clique aqui para conhecer a política de parcerias do Insider Praga.
Sobre o Autor

4 Comentários
 
  1. Estenio e Mirian Pelo Mundo 22 de julho de 2017 at 2:47 am Responder

    Oi Gabe,
    Muito obrigada por compartilhar essas valiosas informações. Parabéns pelo blog, que com certeza é o melhor, e com informações incríveis sobre PRAGA.
    Já fomos à Praga e estamos voltando, desta vez com mais tempo. Seu blog está sendo fundamental para planejarmos nossa viagem.
    Estaremos indo em JAN 2018 p Praga e estava “enlouquecida” procurando informações sobre LUKOVA. Vamos fazer um bate-volta a Plzen e vamos tentar visitar a Igreja. Estamos pensando em “negociar” com taxi. Você saberia me informar quanto tempo de Plzen p Lukova?
    Agradecemos sua atenção e desejamos mais sucesso para vc.
    Um grande abraço,
    Estenio e Mirian

    • Gabe Britto 22 de julho de 2017 at 12:00 pm Responder

      Olá, Estenio e Mirian! Obrigado pelos elogios e desejos de sucesso. =)

      Eu não fiz o trecho entre Plzen e Lukova, mas consideraria aproximadamente 1h de viagem, chutando um pouco para cima, por segurança.

      Digo isso porque levei aproximadamente 30 minutos no trecho entre a rodovia E48 (Lubenec) e Luková, onde são 30 km de estrada. Como a distância entre Plzen e Luková fica ao redor dos 45 km e como vocês ainda vão ter que sair ou chegar na cidade (com trânsito e tal), eu preveria essa 1h que falei, por segurança.

      Sobre o táxi, tomem cuidado. Não negociem com um taxista qualquer em Praga. Peçam indicações do seu hotel ou contratem o serviço da Prague Airport Transfers. Eles podem fazer um trajeto especial para vocês.

      Abraço e boa viagem!

  2. Anna 5 de outubro de 2016 at 12:05 am Responder

    Putz, que fotos legais… e a ideia excelente! Se fosse no Brasil, alguém (ns) ia arranjar problema, “porque é um desrespeito a religião.. blablabla”. Obrigada Gabriel por estas imagens!

    • Gabe Britto 5 de outubro de 2016 at 12:15 am Responder

      Obrigado pelo elogio, Anna! =)

Deixe um comentário