Seguro Viagem Allianz: como usar e minha experiência com ele em Praga

Seguro Viagem Europa Mondal

Existem muitas razões para você fazer um seguro internacional para emergências médicas na sua viagem pela Europa, mas vou citar apenas uma: ele é obrigatório.

Se você viajar sem, vai ser impedido de entrar na União Europeia caso o policial de fronteira peça para ver o seu comprovante de cobertura.

Então vem a dúvida: qual seguradora contratar?

Bem, é como as pessoas dizem: você só conhece a qualidade do seguro quando precisa usar os serviços dele. E é justamente por isso que eu me sinto tão à vontade para recomendar que você contrate um seguro da Allianz.

[clear height=”5px”]

Seguro Viagem Europa Allianz

[clear height=”5px”]

Além dela ter sido eleita a melhor seguradora do Brasil por 2 anos consecutivos (2017 e 2018) pelos leitores do site Melhores Destinos que precisaram de assistência (clique aqui para ver a pesquisa), minha mulher já teve que acionar a Allianz quando ainda passávamos temporadas em Praga – e eu acompanhei todo o serviço, é claro.

O que eu achei do atendimento? Excelente.

O problema de saúde que minha mulher teve foi simples, mas incomodou a ponto dela ter que passar uma tarde na cama e poderia ter ficado muito pior se não tivesse sido tratado naquela noite.

Quando decidimos que era hora de procurar um médico, entramos em contato com a Allianz.

A ligação por telefone foi fácil. A equipe (sempre falando português) logo fez perguntas para entender a situação e, junto conosco, definir se era o caso de ir para um hospital ou se poderíamos esperar pela visita de um médico.

Escolhemos a segunda opção e o médico chegou no nosso apartamento poucas horas depois.

Com os exames clínicos feitos e sem a necessidade de outros, ele prescreveu os remédios e me indicou a farmácia 24 horas mais próxima do nosso endereço. Caminhei até lá, entreguei a receita, peguei o remédio, paguei e fui embora.

No dia seguinte minha mulher já estava melhor e o tratamento seguiu por mais uma semana.

O custo disso? Além do próprio seguro e do remédio, não precisamos pagar mais nada. (E depois eu soube que uma consulta na clínica particular daquele médico custaria 150 euros se não tivéssemos a Allianz.)

Farmácia em Praga: lékárna
Na hora de procurar farmácias, lembre: a palavra é lékárna

A experiência acima pode ser motivo suficiente para convencer você a escolher a Allianz, mas tem mais.

– A Allianz tem atendimento 100% em português (você não vai precisar falar nada em outra língua).

– De acordo com as pesquisas que sempre faço antes das minhas viagens, os valores da Allianz vêm sendo sempre os melhores.

– Além dos melhores preços, ela costuma ter promoções excelentes e dá para parcelar o pagamento.

– Ao contrário da maioria dos seguros de cartões de crédito (onde você precisa pagar pelo atendimento e depois pedir reembolso), com a Allianz você não paga nada além do próprio seguro. Todas as despesas médicas são com ela. E se algo sair do previsto e você realmente precisar pagar, ela reembolsa na sua volta.

– A Allianz tem o Seguro Europa, que cumpre todas as exigências da União Europeia. É só contratar e ficar tranquilo.

Convenci você? Então clique aqui para contratar a Allianz imediatamente. Depois aproveite Praga, a República Tcheca e a Europa com toda a tranquilidade.

[clear height=”5px”]

[bolha]

Como usar o seguro viagem Allianz em Praga e na República Tcheca

É bem fácil, principalmente porque todo o atendimento é feito em português.

A primeira coisa a fazer é entrar em contato com a Allianz. Você pode fazer isso por e-mail, pelo chat no site da seguradora ou por telefone. O passo a passo abaixo vale para a opção de atendimento por telefone, a partir da República Tcheca.

– Ligue para o número no Brasil indicado na sua apólice. Alguns países têm um número próprio, mas este não é o caso da República Tcheca.

– Peça para o atendente da Allianz retornar a ligação para você. Dê a ele o número do seu telefone.

(Você pode ligar a cobrar para o número no Brasil, mas não vale a pena: ligações a cobrar da República Tcheca são complicadas e você não vai perder mais do que 1 minuto falando com o atendente no Brasil neste primeiro contato. Seu custo vai ser de menos de 1 euro.)

– O atendente vai ligar de volta imediatamente. Depois disso, é só seguir as instruções dele.

Caso você esteja em algum outro lugar da Europa, veja se a Allianz tem um número exclusivo no país (está no site). Caso contrário, ligue a cobrar para o número no Brasil e siga as instruções. Se não souber como ligar a cobrar de onde você estiver, peça ajuda no seu hotel.

Importante: 112 e 155 são os números dos serviços públicos de emergência na República Tcheca. A equipe ao telefone fala inglês.[/bolha]

8 comentários em “Seguro Viagem Allianz: como usar e minha experiência com ele em Praga”

    1. Oi, Mirla. Bom dia. Sim, eu recebo uma pequena comissão em cada venda, como você pode ver na página Sobre o blog. Mas o Allianz é o único seguro viagem que eu recomendo, justamente porque foi o único que já tive que testar e a experiência foi positiva. Você se importaria de me dizer o motivo da sua pergunta? Abraço!

  1. ola,
    minha mae esta vindo para a Italia, mas gostariamos de saber se é possivel ela fazer um tratamento aqui… Estou buscando uma cobertura que atenda nao somente emergencias..
    sabe dizer se é possivel?

  2. Olá, Já viajei com a cobertura da Mondial antes, mas não precisei acionar (ainda bem!), porém na época a apólice podia ser impressa em inglês. Contratei novamente, porém não me fornecem mais uma versão para impressão em inglês e com valores em euros, apenas em português e em reais. Somente no email de confirmação tenho as duas versões. Isso pode me traze algum problema caso o agente de imigra solicite o seguro saúde? (Farei imigração em Frankfurt). Desde já, obrigada =)

    1. Oi, Patrícia!

      Que bom que você não precisou usar o seguro! =)

      Sobre a sua dúvida, o melhor é você entrar em contato com a própria Mondial para saber como conseguir a versão em inglês (e se é necessário tê-la). A ligação é gratuita: 0800 770 8020.

      Abraço!

  3. Gabriel,

    Olha eu de novo. =P hahahaha

    Tenho uma dúvida. Se eu optar o plano “Standard”, o mais barato, é o suficiente para entrar na Europa sem problemas, né? Ou seja, ele cobre os €30.000 exigidos no Tratado de Schengen?

    Abraços

    1. Oi, André!

      Se você se refere ao plano EUROPA STANDARD, sim, ele cobre o mínimo exigido pela União Europeia.

      Repare: na lista de cobertura dele, no item “Tratados Internacionais Cobertos”, está escrito “Tratado de Schengen”, certo? Então ele cobre o que a UE exige.

      Os outros modelos do plano EUROPA (a saber: EUROPA TOP e EUROPA PRIME) apenas oferecem uma cobertura maior do que o exigido pela União Europeia.

      Abraço! =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.